Pesquisar este blog

BEM VINDOS, FIQUEM TODOS A VONTADE PARA LER !


"O SABER DA VIDA "

SÓ APRENDEMOS VIVENDO,
AMANDO, SOFRENDO, LUTANDO.
CRESCEMOS, DIA APÓS DIA,
APÓS OS TOMBOS DA VIDA.
CAÍMOS, MAS SEMPRE
LEVANTAMOS MAIS FORTES,
PARA SEGUIR ADIANTE ESTA
JORNADA QUE É A VIDA....!!!

FELICIDADE VOCÊ A QUER?
BUSQUE-Á, ALMEJE-Á,
ELA ESTÁ BEM PERTO....
PARA AQUELES QUE SONHAM....
PARA AQUELES QUE VÃO ALÉM....
PARA AQUELES QUE CORREM,
SOBEM MONTANHAS, ENTRAM
NO MAR, LUTAM CONTRA A MARÉ....
MAS CHEGAM AO SEU FINAL.
SEJA UM VENCEDOR VOCÊ TAMBÉM!

"DEUS É FIEL"!

Poetisa Célia de Paula

Páginas

29/01/2012

Hoje


HOJE ESTOU A PROCURA DE ALGO,
QUE FAÇA PREENCHER MINHA ALMA.
DE ALGO REALMENTE CONSISTENTE
QUE ME FAÇA FICAR ALEGRE....
QUE ME TIRE OS MEDOS, OS ENTRAVES
QUE TORNAM A VIDA DIFÍCIL....
QUANDO PENSAMOS QUE FAZEMOS
TUDO, PARECE QUE NÃO FAZEMOS NADA....
AOS OLHOS DOS OUTROS SEMPRE
ESTAMOS ERRADOS, ATÉ MEIO AMALUCADOS
QUANDO NÃO SOMOS CHAMADOS DE
LOUCOS.....INSANOS....
PENSAMOS QUE ESTAMOS CERTOS,
SEMPRE TENTAMOS ACERTAR,
MESMO EM MEIO AOS ERROS...
SEI QUE HÁ ALGUÉM QUE ME VÊ
SEM DEFEITOS, ESSE ALGUÉM
É DEUS.....VEM SENHOR PREENCHER
MINHA ALMA DO TEU CALOR, DO
TEU AMOR DE MISERICÓRDIA...


TE AMO JESUS!



Célia Denise Goral de Paula

Palavras

Palavras...
As palavras geralmente são levadas ao vento.
Falamos muito, mas de boca pra fora,
não olhamos dentro da alma antes de falar.
Eu queria um dia poder olhar bem dentro
da alma, e dizer;
- Amor, cuidado e zelo -
vocês aqui dentro devem estar guardadas, 
e quando a palavra for usada, 
estas devem estar em primeiro lugar.
28-01-2012
Célia Denise Goral de Paula

Você...


Você...

Para você escrevo este poema,
Você que me olha, que me admira,
Você que suspira, quando me vê passar...
Você que faz meus dias mais alegres rimar.

Você que não conheço,
Mas não deixo ninguém de ti,
Mal falar, eu falo de você,
Mas só eu posso...

Falo de você, bem dentro
Da alma, bem dentro do coração...
Você que alegra meus dias com
Teu doce olhar a me admirar, 
Você...

28-01-2012
Célia de Paula

Março


Março, meados de Abril...

Fiz planos para Março,
Fiz planos para o ano que passou,
Nem todos se realizaram.
Mas te conheci em Março, pode
Ser que foram meados de Abril.
Já não lembro ao certo...
Mas sei que te conheci,
Gostei de te conhecer,
Falar com você...
Será que foram as andorinhas,
Que já anunciavam o fim
Do verão aqui!?
É, Março meados de Abril,
Termina o verão aqui, já começa
A fazer frio...
Este frio, e não tenho
Com quem falar...

28-01-2012
Célia Denise Goral de Paula

Espelho



Espelho


Olho no espelho,
No reflexo me vejo,
Fico a pensar;
Franzo a testa...
Me olho lentamente,
A mover minha boca
Para falar...
- Falar o que?
- Falar como?! E para quem?!
Só vejo eu no espelho;
Como vou comigo falar?!
- Dizer para mim mesma
Parar de me olhar...
- Há espelho,
Tu és um enigma,
Me vejo e me calo,
Só por você me refletir!


28-01-2012
Célia Denise Goral de Paula